• 1
  • 2
  • 3
  • 4
Ladrão de supermercado é contido por policial civil no calçadão de Cornélio

Ladrão de supermercado é contido por policial civil no calçadão de Cornélio

Um policial civil e um policial militar que estavam a paisano agiram com rapidez e conseguiram conter um ladrão de supermercado na área central de Cornélio Procópio. Um destes agentes passava pelo calçadão da cidade na hora do almoço desta terça-feira (21) momento que viu o indivíduo empreendendo fuga dispensando mercadorias. "Quando me deparei com a situação e várias pessoas que gritavam 'pega ladrão', e o outro policial militar em perseguição a pé ao indivíduo,   não pensei duas vezes para agir", explicou. O rapaz, conhecido como Careca, entrou em um supermercado e acabou subtraindo cerca de 1k de carne embaladas a vácuo. "A quantidade era pouca e a mercadoria não era...

Descoberto falso médico que atuava em Uraí

Descoberto falso médico que atuava em Uraí

A morte de um morador do Distrito de Cruzeiro do Norte, paciente da Santa Casa de Uraí , acabou gerando algumas suspeitas por parte dos familiares em relação aos procedimentos aplicados pelo médico plantonista do hospital, que foram até a Delegacia de Polícia Civil do município para registrar os fato e reivindicar providências sobre a morte do paciente. Diante da denúncia, o delegado Damião Benassi Junior iniciou uma investigação, que ainda esta em andamento, mas inicialmente revelou que a pessoa que estava atuando no plantão do pronto socorro da Santa Casa, cobrindo também os plantões de outros médicos e que teria atendido um paciente que veio a óbito, estava utilizando-se do...

Presos denunciam condições insuportáveis no Mini Presídio de Cornélio Procópio

Presos denunciam condições insuportáveis no Mini Presídio de Cornélio Procópio

Através de carta, enviada à emissora de rádio,  os presos alegam graves problemas, entre eles, a falta de água até para beber. De acordo com os escritos, há 6 seis dias falta água no local. Além disto eles reclamam também de atendimento médico, assédio verbal, alimentação e falta de assistência do poder público. Os presidiários do SECAT (Setor Temporário de Carceragem de Cornélio Procópio) escreveram uma carta ao departamento de jornalismo da TERRA NATIVA AM 810 – equipe do jornal Cornélio Notícias, afirmando que ficaram dias sem água.A emissora encaminhou o caso ao delegado chefe da 11ª- Subdivisão Policial, Dr. João Manoel para que as denúncias sejam apuradas. Veja a carta capatada...

Romanelli trabalha para ser presidente da Assembleia Legislativa

Romanelli trabalha para ser presidente da Assembleia Legislativa

  Curitiba - O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB) se apresenta como candidato a presidente da Assembleia Legislativa do Paraná. Discretamente, por enquanto. Mas já teria conseguido vencer uma etapa importante ao reunir os oito deputados que o PMDB elegeu e promover a união de todos em torno do projeto. A bancada é heterogênea: há ali "richistas", como o próprio Romanelli, como os de oposição, dentre eles Anibelli Netto e o filho do senador Requião, Requião Filho. Todos se comprometeram a caminhar juntos na escolha de um candidato. E que pode ser Romanelli, se outros partidos também manifestarem a mesma vontade. A lealdade de Romanelli com o governador Beto nas eleições...

Escrito por Publicado em BLOG

ladrãofriboy

Um policial civil e um policial militar que estavam a paisano agiram com rapidez e conseguiram conter um ladrão de supermercado na área central de Cornélio Procópio.

Um destes agentes passava pelo calçadão da cidade na hora do almoço desta terça-feira (21) momento que viu o indivíduo empreendendo fuga dispensando mercadorias. "Quando me deparei com a situação e várias pessoas que gritavam 'pega ladrão', e o outro policial militar em perseguição a pé ao indivíduo,   não pensei duas vezes para agir", explicou.

O rapaz, conhecido como Careca, entrou em um supermercado e acabou subtraindo cerca de 1k de carne embaladas a vácuo. "A quantidade era pouca e a mercadoria não era de grande valor, no entanto o que vale ressaltar é que temos que combater o crime seja de grande ou pequena proporção", disse o policial.
Após conter o individuo apenas com força física, sem a utilização de algema, o policial civil pediu apoio da Polícia Militar que encaminhou o jovem para o procedimento legal. As carnes foram recuperadas e serão devolvidas para o supermercado. Como não foi violada a embalagem original do produto, o estabelecimento comercial não teve prejuízo.

Por: Daniani Souza/Bruno Izidoro

Escrito por Publicado em BLOG

falso medico

A morte de um morador do Distrito de Cruzeiro do Norte, paciente da Santa Casa de Uraí , acabou gerando algumas suspeitas por parte dos familiares em relação aos procedimentos aplicados pelo médico plantonista do hospital, que foram até a Delegacia de Polícia Civil do município para registrar os fato e reivindicar providências sobre a morte do paciente.

Diante da denúncia, o delegado Damião Benassi Junior iniciou uma investigação, que ainda esta em andamento, mas inicialmente revelou que a pessoa que estava atuando no plantão do pronto socorro da Santa Casa, cobrindo também os plantões de outros médicos e que teria atendido um paciente que veio a óbito, estava utilizando-se do nome e do registro do Conselho Regional de Medicina (CRM) de um clínico residente na cidade de Curitiba.

De acordo com informações da Polícia Civil, ao ficar sabendo que havia um falso médico que estaria utilizando o seu nome e registro no município, este clínico residente em Curitiba, entrou em contato com o delegado e relatou que nunca esteve na cidade de Uraí.

Segundo o Delegado Damião, ele ainda esta apurando os fatos, pois a morte do paciente ainda é suspeita e esta aguardando o laudo do IML para saber as possíveis causa da morte.

O delegado relatou que foi enviado documentos e prontuários ao Conselho Regional de Medicina, para que seja realizada uma análise completa sobre os procedimentos do falso medico e aguarda o relatório.

O falso médico esta desaparecido desde o começo das investigações, mas a polícia já tem algumas pistas e em breve terá respostas conclusivas para o caso.

(Colaboração Walter Lozano)

Escrito por Publicado em BLOG

presídio

Através de carta, enviada à emissora de rádio,  os presos alegam graves problemas, entre eles, a falta de água até para beber. De acordo com os escritos, há 6 seis dias falta água no local. Além disto eles reclamam também de atendimento médico, assédio verbal, alimentação e falta de assistência do poder público.

Os presidiários do SECAT (Setor Temporário de Carceragem de Cornélio Procópio) escreveram uma carta ao departamento de jornalismo da TERRA NATIVA AM 810 – equipe do jornal Cornélio Notícias, afirmando que ficaram dias sem água.
A emissora encaminhou o caso ao delegado chefe da 11ª- Subdivisão Policial, Dr. João Manoel para que as denúncias sejam apuradas.

Veja a carta capatada junto ao site Cornélio Notícias

carta cn capa presos  1

Da redação do Cornélio Notícias/ Radio Nativa AM

 

 

Escrito por Publicado em BLOG

 

Beto e Romanelli

Curitiba - O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB) se apresenta como candidato a presidente da Assembleia Legislativa do Paraná. Discretamente, por enquanto. Mas já teria conseguido vencer uma etapa importante ao reunir os oito deputados que o PMDB elegeu e promover a união de todos em torno do projeto. A bancada é heterogênea: há ali "richistas", como o próprio Romanelli, como os de oposição, dentre eles Anibelli Netto e o filho do senador Requião, Requião Filho. Todos se comprometeram a caminhar juntos na escolha de um candidato. E que pode ser Romanelli, se outros partidos também manifestarem a mesma vontade. A lealdade de Romanelli com o governador Beto nas eleições poderá ser decisivo. Não será parada fácil. Há outros candidatos no páreo. Um deles é o atual líder do governo, Ademar Traiano. Contra ele há resistências de antigos deputados - que reclamam terem sido tratados pelo deputado Traiano como uma manada - e de alguns novos, que o conhecem apenas pela fama de ser desprovido de dotes que a neurociência chama de inteligência emocional.

Outro concorrente seria o deputado Ratinho Junior (PSC), que conquistou mais de (300 mil votos e comandante da bancada de 12 deputados do seu partido e aliados. Diz-se, porém, que Ratinho estaria mais encantado com a promessa de Richa de fazê-lo novamente secretário de Desenvolvimento Urbano, pasta que lhe daria vitamina para se candidatar ao governo em 2018. Estariam nesses dois fatores, a resistência a Traiano e a mosca azul de Ratinho, os trunfos com que Roma, como é conhecido e chamado, estaria contando. Além de ser um dos poucos que, sem ofensa aos seus pacatos colegas, enxerga o Paraná bem maior do que as respectivas paróquias. E por falar em paróquia, até um slogan ele já criou: "Quem tem boca vai de Roma". Para a região do Norte Novo e Pioneiro, a eleição de Romanelli seria muito importante. O presidente da Assembleia é o terceiro na linha de sucessão estadual e o político mais respeitado do legislativo.

Matéria do jornalista Marcos Brito

Escrito por Publicado em BLOG

mansão 02

Fotos: Anderson Tozato / Tribuna do Paraná

Ao todo, seis policiais civis e dois militares foram afastados de suas funções públicas por suspeita de envolvimento com jogo ilegal. Todos foram investigados em operação do Gaeco, braço do MP

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) anunciou nesta segunda-feira (20) que a 11ª Vara Criminal de Curitiba acatou o pedido do órgão para suspender do exercício das funções públicas seis policiais civis e dois militares. Entre eles está o ex-delegado-geral da Polícia Civil do estado Marcus Vinícius Michelotto. Segundo o MP, a decisão foi dada na sexta-feira (17) e os policiais suspensos são todos suspeitos de envolvimento com a prática de jogo ilegal.

Conforme o MP, a medida é decorrente da Operação Abaité, feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço do MP, e que teve 18 pessoas denunciadas à Justiça no último dia 7 de outubro. Eles foram acusados pela prática de crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e contravenção do artigo 50, da Lei das Contravenções Penais, relacionadas à exploração ilegal de jogos de azar em Curitiba e região metropolitana.

Além da suspensão do exercício de suas funções, segundo o MP, a 11º Vara Criminal também determinou "que todos os agentes públicos denunciados sejam proibidos de ingressar em qualquer repartição policial e de manter contato com as testemunhas arroladas pelo Gaeco até o final do processo" ou até decisão que revogue essa determinação.

Procurado, o advogado do ex-delegado-geral, Rodrigo Sánchez Rios, disse que ainda não tem conhecimento completo da decisão, mas que irá tomar as medidas cabíveis à defesa de Michelotto.

A investigação

As investigações do Gaeco foram motivadas por uma operação realizada em janeiro de 2012, por policiais civis descontentes com as condições de trabalho e com o que classificavam de uma "crise de moralidade" na Polícia Civil. Eles invadiram uma mansão localizada no bairro Parolin, em Curitiba - que ficou conhecida como "mansão-cassino" -, onde funcionava um cassino clandestino. Há suspeitas de que o local também era usado para prostituição.

Cerca de um ano depois do início dos trabalhos pelo Gaeco, o empresário do local onde funcionava a mansão cassino, no bairro Parolin, afirmou que nunca havia explorado jogos ilegais. Segundo ele, quando houve a invasão, o imóvel estava sublocado para três pessoas.

O andamento das investigações levou à prisão temporária de Michelotto, em dezembro de 2013. Na ocasião, também foram presos, também temporariamente, dois investigadores, cinco policiais militares e outras quatro pessoas que não são agentes públicos, além de outro delegado: Geraldo Celezinski, que, à época em que o cassino foi descoberto, era titular do 5º Distrito Policial (DP).

Ainda detido, o ex-delegado geral teria negado, em depoimento, qualquer envolvimento no esquema.

mansão 01

Entenda o caso "mansão cassino"

Em 27 de janeiro de 2012, sem a presença de um delegado, policiais civis invadiram a mansão no Parolin, prenderam três pessoas e apreenderam 40 máquinas de caça-níqueis. A operação teria sido um protesto dos policiais pela aprovação do Estatuto da Polícia Civil. No início da tarde daquele mesmo dia, o comando da corporação classificou a operação como "miliciana e política".

De acordo com denúncia recebida pelos policiais que fizeram a operação sem o conhecimento do comando, a mansão funcionava todos os dias da semana, do início da noite ao amanhecer, com "movimentações de carros, motos e pedestres". O registro feito por eles à época descrevia o local como abrigo para tráfico de drogas, exploração sexual de adolescentes, jogos de cartas e exploração de caça-níqueis.

O resultado da operação foi uma crise institucional: o delegado-chefe da Polícia Civil, Marcus Vinicíus Michelotto, classificou os agentes envolvidos na ação de "milicianos"; já os policiais cravaram que a corporação passa por uma "crise de moralidade".

Cerca de um ano depois, apesar da existência de suítes luxuosamente decoradas no local, uma investigação da Polícia Civil concluiu que não havia exploração sexual na mansão cassino. A instituição, em fevereiro de 2013, ressaltou que o local era frequentado por idosos. A investigação também teria concluído que não houve o envolvimento de qualquer policial civil na exploração do jogo na mansão.

Gazeta do Povo, com informações de Angieli Maros, Diego Ribeiro e Felippe Aníbal

Escrito por Publicado em BLOG

comunidadeNeste final de semana, o Pastor Sergio Gonçalves, responsável pala Comunidade Terapêutica Libertação e Vida, postou informações "picantes" sobre a situação da política anti-drogas no município.

Sergio usou a Rede Social Facebook para mostrar sua revolta diante da indiferença com que sua instituição foi tratada pela prefeitura de Cornélio Procópio.

De acordo com o Gonçalves, a comunidade por ele dirigida, apesar de ser declarada de utilidade pública, foi ignorada completamente pela atual administração , e sequer foi recebida no gabinete pelo prefeito atual Fred Alves. Como já publicamos, este teria sido o principal motivo do fechando da Casa de Recuperação organizada pela comunidade no mês passado.

Até o momento, nenhuma providência foi tomada pelo prefeito Fred Alves para recuperar a casa de recuperação fechada em setembro.
Leia a nota do Pastor Sergio Gonçalves captada em rede social mostrando sua indignação com o tratamento da prefeitura:

"Para a lembrança da população procopense também as autoridades, em 2013 fomos considerados o melhor projeto presente de Comunidade Terapêutica,na ONG BRASIL, feira de maior repercussão e de projetos de terceiro setor. Gostaria de deixar claro aqui que somos uma Associação de direito Privado "sem fins lucrativos",o que é uma característica de Assistência social portanto temos o direito a subvenção municipal para entidades civis e sob a lei 684/11 pedida pelo vereador na ÉPOCA vereador que inclusive participou do projeto de palestras conosco em escolas municipais e nos apoiou quando trouxemos o cantor do Polegar Rafael Ilha em 2010.

Portanto falando uma inverdade pois encaminhamos documentação pertinente um secretario do município quando questionado mês passado em assembléia do executivo,pelo vereador. Rafael Hadaad que também é a favor de nosso projeto,argumentou, então mentirosamente, que nossa entidade é particular por isso não nos atendeu e também,embora tivéssemos direito, nunca fomos beneficiados como várias entidades o são no município. Peço apoio da população pois primeiramente extra judicialmente queremos ser atendidos pelo poder executivo do município, se assim não for atendido para declararmos nossa idoneidade,tomaremos medidas judiciais."

Infelizmente pela incompetência desta secretaria que trata de assuntos da droga dependência, e esta deixando a desejar, Não somente conosco, mas com as famílias da população procopense e da região.

Click aqui e reveja a matéria completa sobre o fechamento da Casa de Recuperação Libertação e Vida.

Escrito por Publicado em BLOG

Dilma-Aécio

Faltando menos de uma semana para a eleição, Tribunal Superior Eleitoral suspende propagandas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu ser mais duro com as candidaturas presidenciais neste 2.º turno a fim de evitar ataques pessoais. Ontem, o ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto suspendeu a propaganda eleitoral da campanha do candidato Aécio Neves (PSDB), divulgada no rádio na última sexta-feira, que mostrava trechos do depoimento de Paulo Roberto Costa, em que o ex-diretor da Petrobras afirma que, dos 3% que recolhia dos valores dos contratos fechados pela diretoria que comandava na estatal, 2% eram para o PT.

Ontem, também foi suspensa a propaganda de Aécio Neves que apresentou manchetes de jornal sobre o recebimento de propina pelo tesoureiro do PT (João Vaccari Neto), a condenação do ex-ministro José Dirceu no processo do mensalão, a investigação aberta pela Polícia Federal contra o tesoureiro petista e o repasse de parte dos contratos da Petrobras para o PT.

No sábado, o TSE suspendeu trechos da propaganda eleitoral do tucano na televisão em que Igor Rousseff, irmão da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, é citado. A decisão foi tomada pelo ministro Admar Gonzaga. A propaganda dizia que Igor Rousseff "foi nomeado pelo prefeito Fernando Pimentel e nunca apareceu para trabalhar".

Dilma

No sábado, o tribunal também suspendeu a propaganda da candidata à reeleição Dilma Rousseff, na qual ela divulgava, na televisão, que Aécio Neves se recusou a fazer o teste do bafômetro. Na sexta-feira, outra liminar do tribunal já havia proibido a atual presidente de usar uma peça em que afirmava: "Compare. Enquanto Dilma modernizou aeroportos para o Brasil receber 203 milhões de passageiros ao ano, Aécio só fez dois em Minas. Um deles, na fazenda que era da própria família e a chave ficava nas mãos de seu tio. Na dúvida em quem votar, é melhor comparar". Uma referência à construção do aeroporto na cidade de Cláudio, interior de Minas, no qual o governo do estado investiu R$ 13,9 milhões na pista quando Aécio Neves era governador. Para fazer o investimento, o governo desapropriou as terras do tio-avô de Aécio.

Justiça Eleitoral

A nova posição do TSE, de ser mais duro com os candidatos, foi firmada na noite de quinta-feira, diante da percepção de que a campanha presidencial ficou mais "ácida" no 2.º turno. Após discussão de quase uma hora, os ministros deixaram claro aos advogados das campanhas de Dilma e de Aécio que o TSE vai atuar para garantir que o horário eleitoral seja usado para debater propostas e não para trazer acusações pessoais entre os candidatos. Até o 2.º turno, há ainda oito programas de dez minutos cada, além das inserções durante a programação das TVs.

Processo

Aécio Neves (PSDB) vai proces­­sar Dilma Rousseff (PT) por in­­júria e difamação. O motivo é o comercial da petista, veicu­­la­­do no sábado, no qual o lo­­cutor diz que "Aécio tem mos­­trado dificuldades em respeitar as mulheres". A peça tem 30 segundos e mostra o tu­­cano falando de forma dura contra Luciana Genro (PSol) e a própria petista, e termina perguntando se "você acha que um candidato a presidente pode agir desta maneira?''

Gazeta do Povo

Escrito por Publicado em BLOG

morte na pista

Um grave acidente ocorrido por volta da 7h30 de sábado (18), no trevo que dá acesso a cidade de Santo Antônio do Paraíso (PR-160), entre os municípios de Nova Fátima e Congonhinhas (Cerca de 40 Km de Cornélio Procópio), envolvendo um Fiat/Mille Way de Pinhalão e uma pick-up Fiat/Strada de cabine estendida, com placas de Londrina, matou uma jovem de 19 anos de idade e deixou mais seis pessoas feridas.

Ambulâncias de Congonhinhas, policiais rodoviários e equipes de socorro do SIATE/SAMU de Cornélio Procópio se mobilizaram para atenderem todas as vítimas, sendo que algumas estavam encarceradas nas ferragens de um dos veículos, conforme informações.

De acordo com os socorristas João Edson e Zechin, duas equipes do SIATE se dirigiram a área do acidente com a ambulância e o caminhão equipado para este tipo de situação. Ao chegarem local, se depararam com vários socorristas do município de Congonhinhas e agentes do SAMU prestando atendimento as vítimas.

No Mille Way estavam três pessoas e no utilitário mais quatro, informaram os socorristas.

Os carros se chocaram violentamente danificando a parte frontal de um e lateral do outro. Ainda haviam duas pessoas que estavam presas dentro da pick-up. Uma delas, após ser removida, foi encaminhada a equipe do SAMU, consciente e orientada, com suspeita de fratura em tórax, a segunda foi atendida pelo SIATE, relataram João Edson e Zechin.

Segundo os socorristas, esta vítima, de nome Claudemir, 36, estava consciente e orientada, apresentava um ferimento considerável no pé devido o encarceramento, um corte contuso no crânio e possível hemorragia interna, visto que sentia muita sede, pressão arterial alterada e respiração oscilante.

Ambas as vítimas foram encaminhadas a Santa Casa de Cornélio Procópio, ficando sob os cuidados da equipe clínica de plantão.

As outras vítimas foram encaminhadas para um hospital de Congonhinhas com ferimentos moderados.

A vítima fatal foi identificada como Júlia Caroline de Souza, uma estudante moradora da cidade de Pinhalão. Júlia estava noiva e trabalhava como vendera de roupas e produtos relacionados a prática do fitness, conforme descrito em seu perfil em uma rede social. Seu corpo foi levado ao IML de Londrina.

Os dois veículos foram encontrados encostados no canteiro da via, não havendo indícios precisos de como ocorreu o acidente, possivelmente um dos automóveis atravessou a via enquanto outro seguia pela rodovia, informaram os socorristas, ficando o caso sob investigação dos policiais rodoviários.

vitima18

Veja mais no Anuncifacil

 

Escrito por Publicado em BLOG

conseg4

Na manhã de sexta feira (17), às 10h, ocorreu na Sede do 18º Batalhão da Polícia Militar em Cornélio Procópio, uma reunião do Conselho Municipal de Segurança (CONSEG), que contou com a presença de vários representantes da segurança pública do município e região, além de autoridades políticas e de relevância para o aprimoramento da sociedade, no que diz respeito à ordem na urbe e melhoria social.

Além do anfitrião e Comandante do 18º BPM, Tenente-Coronel Luiz Roberto Costa e do Subcomandante, Major Wellington Nunes Moreira, se fizeram presentes as seguintes autoridades: o Secretário de Trabalho, Emprego e Economia Solidária e também advogado, Amin José Hannouche; o Juiz Substituto da Vara Criminal do Fórum de Cornélio Procópio, Meritíssimo Marco Antônio Venâncio de Melo; o delegado chefe da 11ª SDP, João Manoel Garcia Alonso Filho; o advogado procopense e professor de Direito, Ramez Amin; o chefe da P/1 do 18º BPM, Capitão Álvaro Francisco Talhetti; o Comandante da 1ª Companhia do 18º BPM, 1º Tenente Juliano Barusso Berleze; o presidente do CONSEG Municipal, Sr. Assad Amin; o secretário do CONSEG, Sr. Paulo Sérgio Bueno; o representante da SANEPAR da urbe, Sr. Bráulio Lozano Leonel, o representante da Companhia Iguaçu de Café Solúvel, Sr. Samuel Nivaldo Benacci; o presidente do Rotary Club de Cornélio Procópio, Sr. João Ataliba de Resende Neto, além dos repórteres da FM 104, Sr. Bruno Izidoro e Srª Daniani Souza.

Por ocasião da reunião com o fito de tratar assuntos pertinentes à dignidade da pessoa humana do encarcerado e concomitantemente, da própria segurança da população procopense, foram elencados temas tais que visam à melhoria na infraestrutura da cadeia pública a fim de que o detento tenha reais possibilidades de ser reinserido à sociedade.

Da mesma forma as autoridades presentes se consolidaram na responsabilidade de que em um breve período haja a melhoria tão necessária e desejada, para tanto, uma nova reunião já foi agendada para dar seguimento ao trabalho de segurança e ordem pública.

(Redação e imagens: Seção de Comunicação Social do 18º BPM)

Foto Reginaldo Tinti

Escrito por Publicado em BLOG

18 ou 16 Maioridade penal

Um dos temas mais debatidos na disputa eleitoral deste ano, a redução da maioridade penal foi repudiada por 104 organizações que compõem a Rede Nacional de Defesa do Adolescente em Conflito com a Lei (Renade).

Em manifesto público, as entidades consideram a ideia um "retrocesso para os direitos humanos de crianças e adolescentes".

Vários candidatos, nos diversos níveis de disputa eleitoral, defenderam a redução da maioridade penal como resposta à sensação de impunidade trazida por crimes cometidos por crianças e adolescentes. Com o resultado das eleições, levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), mostra que, com a composição "mais conservadora" do Congresso Nacional, a partir de 2015, o debate sobre o tema será uma das tônicas da próxima legislatura.

Para a Renade, no entanto, trata-se de discussão inócua, que afasta o país das diretrizes do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) e do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). "Ocorre que, ao relacionar de maneira superficial justiça social e segurança pública, os candidatos parecem desconhecer a realidade do cotidiano do Sistema de Justiça Juvenil no Brasil", diz trecho do manifesto.

De acordo com as organizações que assinam o manifesto, as propostas relacionadas à redução da criminalidade infantojuvenil deveriam se dar no sentido de "garantir efetivamente a implementação e aplicação do ECA e do Sinase em todo o território nacional, sendo possível, assim, falar-se em soluções que implicam em redução da violência e criminalidade".

De acordo com dados apresentados pela Renade, em 2011, dos 22.077 atos infracionais cometidos por menores no país, 2,9% correspondiam a crimes considerados hediondos - como estupro e latrocínio – enquanto 72% foram infrações análogas aos crimes contra o patrimônio e tráfico de drogas.

"Infelizmente, constata-se que, ao flexibilizar garantias que protegem esses adolescentes em situação de vulnerabilidade, sob o argumento de que cometem crimes muito graves, os candidatos apenas saciam a ânsia punitivista que demanda, de maneira irracional, o isolamento desses sujeitos", diz o manifesto.

Bonde

 

Publicidade

Comentários

  • Eduardo 26/06/2014 23:43
    Lamento a decisão. Atos publicados na internet tem muita abrangência e são tantas as atribuições de um ...
     
  • Enfermeira 26/06/2014 20:02
    Bom Odair, acompanhei seu programa hoje, e sim pude notar o quanto foi vago o nosso "representante" .
     
  • Moises 25/06/2014 21:16
    Porque a vereadora não solicita também a abertura de uma CEI para apurar as invasões de terreno no ...
     
  • arcelo B 25/06/2014 12:41
    Contrataram mais Médicos Pediatras?
     
  • Robledo 24/06/2014 23:23
    Com a palavra, o aceçor do Fred que manda no laranjal em questão

Conteúdo